• Buscar
Fechar
Atenção: Esse evento não está em cartaz.

Mário, Sai do Armário Com André Mattos

  • Comédia
  • 16 anos

Teatro Shopping Metrô Tatuapé

Rua Domingos Agostim, 91 - Piso Superior, Praça de Alimentação - Cidade Mãe do Céu Ver endereço no Google Maps

Horário da Bilheteria

Terça a sextas, das 13h às 22h. Sábado e Domingo das 12h às 22h

Sobre o evento

Um cidadão comum, Mario, acorda repentinamente em um apartamento trancado, sem saber quem é e o que está fazendo ali. Inicia-se então uma série de acontecimentos engraçados e metafísicos na tentativa de descobrir sua verdadeira identidade. Trava contatos telefônicos com o objetivo de saber quem é. Algumas pessoas batem à sua porta, que... Um cidadão comum, Mario, acorda repentinamente em um apartamento trancado, sem saber quem é e o que está fazendo ali. Inicia-se então uma série de acontecimentos engraçados e metafísicos na tentativa de descobrir sua verdadeira identidade. Trava contatos telefônicos com o objetivo de saber quem é. Algumas pessoas batem à sua porta, que está trancada sem chave, e estabelecem contatos casuais e enigmáticos. Num dado instante, aparece Zizinho, que se transforma em seu interlocutor, única comunicação com o mundo exterior, único elo com a realidade cotidiana, única possibilidade de sair daquela situação. Com um diálogo impagável, os dois personagens vão estabelecendo um laço, sempre num paradoxo entre o riso rasgado e o travo amargo da dúvida existencial. Aos poucos, Mario, vai juntando o quebra-cabeça de sua vida e vai reconstruindo vestígios de sua memória. Recebe um telefonema de sua esposa Helena, que está dando à luz a um filho seu na maternidade e ela lhe explica em parte o que cerca essas crises de amnésia. Revela que Mario está no apartamento de seu falecido pai, local que costuma ir quando está em crise existencial, fazendo-lhe relembrar alguns acontecimentos. Helena revela onde fica escondida a chave reserva e convoca-o com urgência para ampará-la na maternidade. Em seguida, ocorre um corte narrativo e eis que surge Mário deitado em um divã no consultório de seu psicanalista, e onde se constata que Mario adormeceu e teve um sonho. No consultório revela-se o dilema do personagem central: renegou na justiça a paternidade biológica de seu verdadeiro pai, adotando o nome de família de seu padrasto em troca de uma herança milionária. Seu devaneio/sonho em torno da amnésia é interpretado como um processo de autodefesa em relação à sua culpa por esse ato. Mario consegue elaborar em parte seu sofrimento. A ação finaliza com em um grande número musical protagonizado por Mario alusivo aos "happy ends" dos musicais norte-americanos da década de 50. Ler Mais

Elenco

Não informado.

Avaliações

  • 3.0
  • Média das avaliações
Total de avaliações: 1

Antonio C.

3,0

"o espetáculo é muito denso. Os.momentos de alívio cômico são bem conduzidos, mas não descaracterizam a peça como um drama. A divulgação, contudo, sugere que a peça é uma comédia."

Eventos relacionados

61%
A Banheira 75 min.Teatro Ruth Escobar - Sala Gil Vicente 03/02 até 31/03 Sábados e Domingos, às 19h. A partir de 15/03 também às sextas-feiras às 20h30
50%
Casei, e agora?! Teatro Ruth Escobar - Sala Gil Vicente 03/02 até 09/03 Sábados, às 21h30
50%
O Auto da Compadecida - Teatro Santa Cruz 75 min.Teatro Santa Cruz - Shopping Metrô Santa Cruz 12/01 até 28/04 Sexta (23) e Sábados, às 20h; Domingos, às 18h
50%
A Megera Domada 70 minTeatro UOL 03/01 até 29/02 Quartas e Quintas, às 21h