• Buscar
Fechar
Atenção: Esse evento não está em cartaz.

A Vedete do Brasil - Um Musical Brasileiro

  • Musical
  • 80 minutos
  • 12 anos*

*As sessões de domingo contarão com intérprete de libras

Teatro FAAP

Rua Alagoas, 903 - Higienópolis Ver endereço no Google Maps

Horário da Bilheteria

Troca de voucher a partir de 2 semanas de antecedência da sessão; Terça a Sábado, das 14h às 20h ou até o horário de início da sessão; Domingos, das 14h às 17h ou até o horário de início da sessão.

Sobre o evento

A montagem celebra o centenário da icônica artista Virgínia Lane (1920-2014), cuja vida foi marcada por uma série de feitos e histórias que até hoje reverberam no imaginário coletivo. Artista pioneira, começou a carreira como cantora ainda adolescente nos anos 1930, atuou no Cassino da Urca, trabalhou e foi amiga de personalidades como... A montagem celebra o centenário da icônica artista Virgínia Lane (1920-2014), cuja vida foi marcada por uma série de feitos e histórias que até hoje reverberam no imaginário coletivo. Artista pioneira, começou a carreira como cantora ainda adolescente nos anos 1930, atuou no Cassino da Urca, trabalhou e foi amiga de personalidades como Carmen Miranda, Oscarito, Walter Pinto e Grande Otelo. Teve uma intensa carreira cinematográfica e virou um dos maiores ícones do teatro de revista brasileiro, ao receber o título de “A Vedete do Brasil” pelas mãos de Getúlio Vargas, com quem afirmava ter mantido um relacionamento por mais de dez anos. A montagem pretende mostrar a mulher que estava por trás de tantas plumas, paetês, polêmicas e lantejoulas. O centenário de Virgínia Lane, em 2020, foi a grande inspiração para a empreitada, que acabou sendo adiada pela pandemia e agora finalmente chega aos palcos. Virgínia. já em seus últimos anos de vida, prepara uma ceia de Natal com a filha única, Marta, e aguarda a chegada de um amigo. Ao longo do dia, ela relembra episódios que marcaram a sua trajetória, em cenas que divide com Bela Quadros, responsável por dar vida à Virgínia no auge de sua juventude. São momentos em que a vedete precisou enfrentar a Igreja para conseguir se casar no Outeiro da Glória após o veto de um padre, ou mesmo memórias divertidas de seus trabalhos na televisão, como apresentadora infantil, ou de suas turnês pelo Brasil e países vizinhos. Os números musicais intercalam e formam um elo entre as lembranças e o presente, na casa em que Virgínia viveu até o final da vida em Piraí (RJ). Aparecem então canções como a famosa ‘Sassaricando’, gravada pela primeira vez por ela, em 1951, ‘Barracão’ (da chanchada ‘É Fogo na Roupa’), ‘Ninguém me Controla’ e muitas marchinhas de letras maliciosas e com o duplo sentido bem-humorado que a consagrou, como ‘Marcha da Pipoca’. As atrizes vão cantar acompanhadas por três músicos, que também fazem algumas intervenções em cena. O espetáculo é ainda um resgate e uma grande homenagem a todas as vedetes brasileiras, que, assim como Virgínia, conseguiram superar imensas dificuldades, se impor perante o olhar torto dos moralistas e viraram verdadeiras estrelas. As canções: ‘Listinha de Natal’ (Índia, Jorge Henrique), ‘Barracão’ (Luiz Antônio, Oldemar Magalhães), ‘Santo Antônio Casamenteiro’ (Antônio Almeida, Alberto Ribeiro), ‘Ninguém me Controla’ (Alcebíades Nogueira, Luiz de França, Nelson Bastos), ‘La Barca’ Roberto Cantoral, ‘Mamãe Já Vem Aí’ (Nelson Castro, José Batista), ‘Menino triste’ (Autor desconhecido), ‘A Vedete Do Brasil’ - (Valsa de Luiz Antonio e Virgínia Lane), ‘Amendoim Torradinho’ (Luiza Pereira, Freitas Carvalho), ‘É Baba de Quiabo’ (Arsênio de Carvalho, Virgínia Lane), ‘Somebody Loves Me’ (George Gershwin, Ballard MacDonald Buddy DeSylv), ‘Marcha da Pipoca’ (Luiz Bandeira, Arsênio de Carvalho) e ‘Sassaricando’ (Luiz Antônio, Jota Júnior, Oldemar Magalhães) Ler Mais

Elenco

Ideia original e pesquisa: Cacau Hygino. Texto: Renata Mizrahi e Cacau Hygino. Produção Executiva: Aline Gabetto e Clarice Coelho. Direção: Claudia Netto. Direção musical: Alfredo Del-Penho. Direção de produção: Bruna Dornellas e Wesley Telles. Diretora assistente: Ana Luiza Folly. Elenco: Suely Franco, Flávia Monteiro e Bela Quadros

Clique aqui e fique por dentro de novos eventos dos artistas desse evento.

Avaliações

  • 4.9
  • Média das avaliações
Total de avaliações: 11

Patrícia C.

5,0

"Achei tudo muito lindo e caprichado!!!! Amei!!!!"

Mara A.

4,0

"bom. sugestões: poderia ser mais centralizado no palco melhorar o ritmo"

Luiz A.

5,0

"Peça deliciosa, atores excelentes e músicas que fizeram a felicidade de quem, como eu, amava os bailes de carnaval."

Erica D.

5,0

"Maravilhosas. Divertido e envolvente, o espetáculo nos prende do começo ao fim. Recomendo para os amigos e para os inimigos, para estes últimos para que eles tirem um pouco do amargor da vida deles, rss."

Daniela S.

5,0

"Maravilhoso! Emocionante e super bem produzido! Recomendo muito!"

Sergio L.

5,0

"Maravilhoso"

Antonio R.

5,0

"Emocionante ver a Suely Franco esbanjando vitalidade e simpatia, todo o elenco de parabéns"

Eventos relacionados

50%
Querido Diário, O Musical 90 minTeatro Mooca - Mooca Plaza Shopping 09/06 até 23/06 Domingos, às 18h.
50%
Os Boêmios De Adoniran 70 minTeatro Mooca - Mooca Plaza Shopping 07/04 até 26/05 Domingos, às 18h
50%
Alice - O Musical 90 minTeatro Mooca - Mooca Plaza Shopping 07/07 até 28/07 Domingos, às 18h.
50%
Dito Branco - Memórias Involuntárias de um Voluntário 75 minTeatro Jardim Sul - Sala 2 24/05 Sexta, às 21h.