50%

  • 60 minutos.
  • Livre.

50%

Feio - O Musical do Patinho

  • Principal
  • Local
  • Comentários

Um dos contos mais queridos de Hans Christian Andersen; essa comédia musical conta a história de Feio, o patinho que é visto como ridículo e estranho porque é diferente. Desde o momento em que o Feio sai de seu ovo, seu pai e seus irmãos não o aceitam como parte da família. O Patinho Feio precisará enfrentar os perigos do mundo até encontrar a felicidade, o amor e a beleza de seu verdadeiro eu interior. Ganhador de 5 prêmios no Festival Nacional de Guaçuí (ES), o espetáculo está recheado de músicas e personagens divertidos.


Temporada

até 28 de Abril
Sábados e Domingos, às 17h30.

Direção / Elenco

Direção Geral: Rafael de Castro. Preparação Vocal: Vitor Pretti. Coreografias: Arthur Rozas. Design de Luz: Robson Bessa. Sonoplastia: Felipe Rodrigues. Cenografia e Indumentária: Grupo Artemis de Teatro. Elenco: André Lau, Nina Rodrigues, Jason Martins, Stefani Dourado, Márcia Oliveira, Thaís Morais, Valmir D'Fiama, Daniela Maciel e Carolina Bueno.

Criança paga ingresso a partir de 2 anos

Avenida Higienópolis, 618 - Shopping Pátio Higienópolis - Piso Terraço (último piso), na praça de alimentação. - Higienópolis

Horário da Bilheteria

quarta e quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 21h30; sábado, das 12h às 23h59; e domingo, das 12h às 20h. Troca de voucher disponível a partir de 1 semana de antecedência do evento.

"O espetáculo é muito bom e envolvente. A história tem uma lição muito bonita e os figurinos são lindos. O destaque é a mamãe pata e as galinhas que tem uma atuação super envolvente. O programa televisivo com apelo sensacionalista dá um tom de humor para a história que tem um tom bastante triste com a discriminação do patinho feio pelos demais integrantes do local. O grande problema ficou com o som. Como a peça trata-se de um musical, algumas canções e até em algumas falas não é possível escutar direito e compreender. Não conseguimos entender principalmente a gata quando cantava e em diversos momentos isso aconteceu com o Pato pai e o patinho feio. Penso que microfones individuais resolvessem o problema, pois gostei do volume do som, mas a preocupação com a afinação, fez com que os atores não conseguissem cantar em volume tão alto que pudéssemos escutar. Esta questão do volume das vozes, comprometeu nossa opinião (pois aqui, escrevo por mim, meu marido e minha filha) sobre o espetáculo."

Elen Cristina Faht


"Muito bom. Ótimos atores e produção. Só o som que estava ruim, ontem 14/04. Mal dava pra ouvir a Gata e o Patinho Feio... Ou aumentar o som ou colocar microfones nos dois."

Ricardo Castro Alamino


"Muito bem montado, ótima cenografia, figurinos e posicionamento dos atores. A música é meio baixa para poder ouvir os atores cantando. As músicas são bonitas, mas as lentas perdem a atenção das crianças. Não há nada sobre tentativa de suicídio."

Taciana Trigo


"Muito bom e criativo"

Denisio francisco


"Som muito baixo. Algumas partes do espetáculo meus filhos não entenderam (tem 3 anos), não gostei dos figurinos e nem da forma como a história foi contada. Podia ser melhor! Foi cansativo."

Paula D Angelis Bogoni Furiati


"Realmente não me pareceu um bom espetáculo e tampouco apropriado para crianças: o patinho feio chega a colocar uma corda no pescoço para se matar após tanto bullying, as garças morrem ao som de metralhadora, além de que a falta de afinação e coordenação para a dança forneceu um show a parte..."

Bruna Bariani Teixeira



R$ 40,00
R$ 20,00

Compartilhe