Os Saltimbancos

55%

163

Ótimo!

Ótimo

146

Bom

Bom

32

Regular

Regular

5

Fuja

Fuja

Ver mais avaliações

Os Saltimbancos

60 minutos, 2 anos

A peça, inspirada no conto dos irmãos Grimm “Os Músicos de Bremen”, narra a história do encontro de quatro animais (um jumento, um cachorro, uma galinha e uma gata), que devido a maus-tratos, fugiram de seus patrões. Juntos decidem formar um grupo musical e rumam à cidade para começar a carreira artística. No caminho encontram seus antigos donos e temendo serem novamente escravizados, resolvem enfrentá-los. Os bichos vencem e chegam à conclusão de que unidos conseguirão superar todas as dificuldades. A peça está em cartaz desde 1987 e já foi vista por mais de 1 milhão de pessoas. No final do espetáculo os atores tiram fotos com as crianças no saguão do teatro.

Na bilheteria: R$ 40,00

Por: R$ 18,00

Saiba como funciona o Sampa Ingressos

COMPRAR

55%

Temporada

até 29 de Julho;

Sábados, às 17h30

Elenco / Direção

Direção: Paolino Raffanti. Elenco: Antônio Velloso (Jumento), Paulo Cavalcante (Cachorro), Miriam Menevichian(Galinha), Maira Machado(Gata), Camila Ferazzano, Ana Carolina Sidelki, Caroll Marcondes, Giulia Passetti, Kamily Nunes, Rafaella Jakimin e Steffanye Nunes.

Endereço

Teatro Ruth Escobar - Sala Dina Sfat (390 lugares)

Rua dos Ingleses, 209 (Bela Vista)

Telefone: 3289-2358

Horário da Bilheteria: Quintas e Sextas das 14h às 21h30; Sábados das 12h às 23h; Domingos das 12h às 19h30

Estacionamento: Serviço de Valet, na porta do teatro

Ver no Google Maps

Comentários

Bom espetaculo, bons atores e sem falhas tecnicas!
Danilo Weiner

Os personagens interagem um pouco com o público e apesar de não ser cantado ao vivo, as músicas originais continuam com seu encanto...
Erika Harumi Takamoto de Camargo

O espetáculo é muito bom. Em alguns momentos cansativo para crianças
Carla

Os atores são ótimos. O som poderia estar melhor. Meu filho de 4 anos adorou!
Andrea R.Bueno Ribeiro

Muito boa a peça. Para melhorar, sugiro que os atores cantem as músicas ao invé de ser playback. Acho que seria um "plus" a mais.
Helder de Souza Miyahara

+ Carregar mais

Peças recomendadas


Teatros