O Empréstimo

62%

82

Ótimo!

Ótimo

63

Bom

Bom

16

Regular

Regular

4

Fuja

Fuja

Ver mais avaliações

O Empréstimo

Comédia, 80 minutos, 14 anos.

A peça traz situações hilárias que beiram o absurdo. Tudo acontece na sala do gerente de um banco, quando atende um homem desesperado em obter um empréstimo absolutamente necessário para seguir com a sua vida. O possível cliente não tem garantias nem propriedades. Oferece apenas a sua palavra de honra para o banco, o que coloca o gerente em uma situação delicada. O resultado deste conflito é um dinâmico e engraçado diálogo, que leva as personagens a um caminho inesperado, contagiando o espectador do início ao final do espetáculo. O homem desconhecido usará todas suas possíveis cartadas para conseguir o empréstimo, cujas intenções nada ortodoxas levam o gerente ao desespero. O texto "El Crédito" (O Empréstimo) é do famoso autor de "O Método Grönholm", já encenado no Brasil com o ator Lázaro Ramos.

Temporada

Este espetáculo não está em cartaz atualmente

Elenco / Direção

Texto: Jordi Galceran. Tradução e direção: Isser Korik. Elenco: André Mattos e Leonardo Miggiorin.

Endereço

Teatro Folha

Avenida Higienópolis, 618 - Piso 2 (Dentro do Shopping Pátio Higienópolis) (Higienópolis)

Telefone: 3823-2323

Horário da Bilheteria: terça a domingo, das 15h às 20h. Troca de voucher disponível a partir de 1 semana de antecedência do evento.

Ver no Google Maps

Comentários

Cansativo
Renata Aparecida da Costa Fernandes

André Mattos estava irrepreensível, com uma ótima apresentação, entregando-se de corpo e alma ao personagem que interpretava. Pena que o segundo ator que com ele protagonizava, Leonardo Miggiorin, não participou dessa sessão a que assisti, sendo substituído por outro, cuja informação só fui obter no início da apresentação.
Claudemir

Justo nesta noite o ator Leonardo Migliorin não fez a peça. Frustrante.
celso morasco

O Espetáculo é excelente, muito leve e sério ao mesmo tempo. Mais pessoas precisam assistir para refletir sobre o poder da PALAVRA.
Augusto Haagensen

Srs me desculpa! !! Sei que fazer uma peça teatral deve ser muito trabalhoso ....mas esse peça não vi graça nenhuma ....
Paulo Cesar Rogerio

+ Carregar mais

Peças recomendadas


Teatros