Como Treinar seu Dragão

58%

41

Ótimo!

Ótimo

9

Bom

Bom

4

Regular

Regular

0

Fuja

Fuja

Ver mais avaliações

Como Treinar seu Dragão

Livre.

Adaptação livre de "Como treinar Seu Dragão", que conta a tumultuada jornada de "Soluço", em sua iniciação como um legítimo guerreiro viking: junto com os outros garotos da tribo, ele precisa domesticar e treinar o dragão mais feroz e assustador que for capaz de capturar. Em vez disso, Soluço acaba com o menor dragão que já se viu (o temível Fúria da Noite), e, para piorar, o animal é teimoso, impossível de ser adestrado. Começa aí a aventura do mais encantador e improvável dos heróis. A história conquistou o público do mundo inteiro com uma bela mensagem de tolerância, sobre a convivência pacífica entre humanos e dragões, aliada à sensível abordagem sobre deficiência física, que atinge ambas as espécies.

Na bilheteria: R$ 60,00

Por: R$ 24,90

Saiba como funciona o Sampa Ingressos

COMPRAR

58%

Temporada

até 17 de Junho;

Sábados, às 16h (exceto 20/05)

Elenco / Direção

Adaptação e Direção: Tiago Pessoa. Elenco: Daniel Almeida, Debora Sartori, Carlos Felipe, Delidia Duarte, Marcela Arribet e outros.

Endereço

Teatro Augusta (302 lugares)

Rua Augusta, 943 (Cerqueira César)

Telefone: 3151-4141

Horário da Bilheteria: De quarta a sábado, das 14h às 20h30; domingo das 13h às 19h

02 lugares para deficientes. Estacionamento Conveniado no local

Ver no Google Maps

Comentários

Foi divertido tanto para meus filhos quanto para mim. Os atores muito simpáticos, tiraram fotos com todos. Adorei.
Kátia

Sensacional, as crianças adoraram!
Juliana

Os atores um amores, adaptação muito bacana e passou muita realidade para as crianças. Amamos e vamos voltar com certeza!
Jessica Dias

O espetáculo é excelente, efeitos, som, meu neto t 6 anos e adorou.
CRISTINA CALEFFI

Substituir a cena da luta contra o dragão gigante do Ninho dos Dragões, por mais tecnicamente difícil que possa ser, pela luta do pai contra Soluço foi totalmente descabida, principalmente ao considerar que há crianças muito pequenas assistindo. Outro ponto alto do desenho, que é a abordagem do tema da deficiência física, espelhado nos personagens principais, foi esquecida.
Iasmine de Magalhaes Dantas

+ Carregar mais

Peças recomendadas


Teatros